Ruivós pelos meus olhos é assim…

Saudades do tempo! Saudades do vento… Retalhos de vida saídos da infância… Memórias de vida.

Para lá do monte
Além no horizonte,
Para lá do rio.
Sopro de sorte
Apego e afecto
Leva o vento
Que vem do norte.
As saudades
Impelem o pensamento.
Viagem no tempo voltando à infância.
Irradiam lembranças…
Memórias… crianças…
Memórias de vida.
Saudades do tempo!
Saudades do vento…
Onde o sol se esconde,
Para lá do horizonte, guarda meu espírito
Pedaços da alma.
Retalhos de vida saídos da infância
Revolve à lembrança,
um sopro de alento.
Vagueio no espaço
Procuro o momento
Ventos de lembranças
Um tempo, uma vida…
Imagem escondida
no recôndito da alma
que emana
mansidão e calma.
Maria Manuela Lages Baptista

Anúncios

One thought on “Ruivós pelos meus olhos é assim…

  1. Olá Manela

    Parabéns pelo teu poema. Também eu considero que as memórias das férias da minha meninice e da minha juventude estão pinceladas com muita felicidade.
    Carlos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s